1 comentário:
De Anónimo a 6 de Abril de 2005 às 15:02
Há vozes escondidas
Por detrás de um manto invisível
De sensações devolvidas.
Há um sorriso sensível
À espera de paixões perdidas.



Há amores de primavera
ansiando pelo verão,
Há carícias à espera
De um toque fugaz; ou não.
Ou de uma simples quimera.

IvanIvan Spencer
</a>
(mailto:ivanspencer@hotmail.com)

Comentar post